Pular para conteúdo

O Fórum existe enquanto uma rede que integra vários sujeitos interessados e implicados nas políticas de Educação do Campo, na perspectiva da articulação de ensino-pesquisa-desenvolvimento sustentável na região. Esta atuação em rede tem possibilitado a construção e materialização de diálogos entre sujeitos coletivos e institucionais, concretizando projetos e experiências de referências para as políticas públicas. Esse tem sIDo um dos objetivos principais do FREC, isto é, desenvolver ações de articulação, diálogo e elaboração de propostas que visam comprometer o Estado na organização e efetivação de uma política pública de Educação do Campo na região, que deve consIDerar as demandas e especificIDades da realIDade do campo:

 

  1. a necessIDade da afirmação de uma compreensão crítica sobre o campo e de sua inclusão em um projeto de desenvolvimento regional e nacional;
  2. a busca de definição e consolIDação de uma política educacional do campo; e
  3. a possibilIDade da (re)organização dos processos pedagógicos e da escola na perspectiva do atendimento das demandas e culturas dos povos do campo.

 

O Fórum Regional objetiva ainda motivar e assessorar os diversos sujeitos do campo e gestores municipais para a realização de eventos locais da educação do campo, que ajudem na constituição de espaços de articulação e debate nos municípios sobre estratégias para efetivação dos pressupostos das Diretrizes Operacionais da Educação Básica nas Escolas do Campo (Resolução CNE/CEB nº 01/2002).

 

O Fórum Regional de Educação do Campo do Sul e Sudeste do Pará [FREC], constituído em maio de 2005, a partir da 2ª Conferência Regional de Educação do Campo, é fruto das lutas e articulação dos movimentos e organizações sociais e universIDade pública por uma educação ‘do’ campo, envolvendo também a participação de representantes de governos municipais.

 

As conferências regionais de Educação do Campo têm constituído em espaços privilegiados de debate, denúncia, proposição e construção da pauta de luta do movimento de educação do campo na região. Foram realizadas conferências em 2001, 2005, 2007 e 2009. Em 2007 a 3ª Conferência Regional de Educação do Campo teve como tema “Currículo, Políticas Publicas e Educação do Campo”, em 2009, a 4ª Conferência discutiu “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa” e, em 2011, a 5ª edição do evento pautou a “Agroecologia, Educação do Campo e ATES”.

 

Formas de Organização

 

O FREC encontra-se organizado através de uma coordenação executiva, responsável pela articulação e ações sistemáticas do Fórum Regional, bem como pela articulação junto ao Fórum Estadual e Movimento Nacional de Educação do Campo.  O Fórum mantém também grupos de trabalho a partir de temáticas e demandas específicas (GT da Educação Básica e Formação de professores e GT de Agroecologia) e mantém uma sistemática de realização de plenárias e reuniões.

 

Composição:

 

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

Federação dos Trabalhadores na Agricultura (FETAGRI, Sudeste do Pará)

Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) de Pau Darco, Conceição do Araguaia, Rondon do Pará, Xinguara, Redenção Escola Família Agrícola de Marabá

Casas Familiares Rurais (CFRs) de Tucuruí, Conceição do Araguaia,Tucumã, São Felix do Xingu, Santa Maria das Barreiras

COPSERVIÇOS

EMATER  de Marabá, São Felix do Xingu, Curionópolis e Rondon do Pará

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) SR27

Comissão Pastoral da Terra (CPT)  de Xinguara, Tucuruí, Tucumã e Conceição do Araguaia

Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do Pará (SINTEPP, Rio Maria)

UniversIDade Federal do Pará (UFPA, Marabá)

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Pará (IFPA, Campus Rural de Marabá)

Secretarias Municipais de Educação de Marabá, Xinguara, Parauapebas, Rio Maria, Conceição do Araguaia, Nova Ipixuna, São Geraldo do Araguaia e Itupiranga

Instituto de Ação Legal/Marabá

Projeto Casulo/Xinguara

CEPASP/Marabá

 

TAMBÉM PARTICIPAM DO FREC OS REPRESENTANTES QUE ASSINARAM A CARTA DA ÚLTIMA CONFERÊNCIA, SENDO ESTES:

 

Associação Brasileira de Agroecologia [ABA/Norte]

Associação Brasileira de Estudantes de Engenharia Florestal [ABEEF]

Casas Familiares Rurais [CFRs] de Conceição do Araguaia, Santa Maria das Barreiras e Tucumã Centro de Educação Ambiental de Parauapebas [CEAP]

Comissão Fé e CIDadania de Eldorado do Carajás Comissão Pastoral da Terra [CPT] de Marabá e Xinguara

Conselho Nacional dos Seringueiros [CNS]

Cooperativa de Prestação de Serviços de ATES [COPSERVIÇOS]

Coordenação do PROCAMPO/UFPA/Baixo-Tocantins-Abaetetuba

Coordenação Estadual do PROCAMPO - IFPA

Coordenadoria Municipal da Juventude de Parauapebas

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará [EMATER/Sudeste Pará]

Federação dos Estudantes de Agronomia no Brasil [FEAB]

Federação dos Trabalhadores da Agricultura [FETAGRI/Sudeste Pará]

Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar [FETRAF/Pará]

Fórum Paraense de Educação do Campo [FPEC]

Fórum Regional de Educação do Campo do Baixo Tocantins [FORECAT]

Instituto Federal do Pará [IFPA/Campus Rural de Marabá]

Movimento dos AtingIDos por Barragens [MAB]

Movimentos dos Sem Terra [MST]

Observatório da Educação Superior do Campo

Programa Nacional de Educação da Reforma Agrária [PRONERA/INCRA 27] Secretarias Municipais de Educação [SEMEDs] de Eldorado do Carajás, Parauapebas e São Geraldo do Araguaia

Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Pará [SINTEPP] Regional e Sub- Sedes de Parauapebas e São Domingos do Araguaia

UniversIDade Federal do Pará [UFPA/Campus de Marabá]

UniversIDade Federal Rural da Amazônia [UFRA/Parauapebas]

Via Campesina

16ª UnIDade Regional de Ensino [16ª URE /SEDUC]

 

Atribuições:

 

  • Promover o debate e articular ações interinstitucionais e em parceria com movimentos sociais voltadas a construção e afirmação de uma política publica para educação do campo na região.
  • Desenvolver programa de formação continuada para educadores do campo da região.
  • Realizar eventos voltados ao debate e reflexão sobre questões agrárias e educação do campo e assessorar os municípios em seus eventos.
  • Assessorar na construção e desenvolvimento de propostas pedagógicas das escolas do campo da região.

 

 

Ações DesenvolvIDas:

 

- Conferências Regionais de Educação do Campo (Marabá, Xinguara e Parauapebas)

- Oficinas de Agroecologia: I Oficina das Experiências Pedagógicas em Agroecologia, II Oficina das Experiências na ATES em Agroecologia e III Oficina das Experiências de agricultores familiares do sul e sudeste em Agroecologia;

- I Seminário Regional de Agroecologia (Marabá, 2010)

- I Seminário sobre a realIDade das escolas do campo no sudeste paraense (Marabá, 2011)

- Semana Camponesa (acontece no mês de Abril na semana em que se comemora o Dia Internacional da Luta Camponesa);

- Construção do PPP do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA/Campus Rural de Marabá

- Construção do PPP do Curso Técnico em Agropecuária integrado com o Ensino Médio;

- Construção do PPP do Curso de Licenciatura Plena em Educação do Campo (UFPA/Campus Marabá)

 

Contatos:

 

Endereço: Folha 31, Qd.07, Lotes Especial,Nova Marabá, Cx. Postal 101

CEP: 68507-590Marabá-PA

Fone: (94)2101-7100

Fax: 3322-1479

e-mail: frec.supa@gmail.com

acesso:  http://www.frecsupa.net.br

 

Haroldo Souza

(94) 9145-7737

haroldosou@gmail.com

 

 

Produções e Publicações:

 

Carta Política doI Seminário Regional de Agroecologia – Sul e Sudeste do Pará (2010)

 

Carta Política da III Conferência Regional de Educação do Campo (Marabá, 2005)

 

Carta Política da III Conferência Regional de Educação do Campo (Marabá, 2007)

 

Carta Política da IV Conferencia Regional de Educação do Campo (Xinguara, 2009)

 

Carta Política doI Seminário Regional de Agroecologia – Sul e Sudeste do Pará (Marabá, 2010)

 

Documento final da V Conferencia Regional de Educação do Campo (Parauapebas, 2011)

 

BOLETINS: ANO II 001 Dez/2008; ANO II Edição 002 Abr/Mai 2010 (Rompendo as cercas da comunicação); ANO II Edição 003 Julho/Agosto 2010; Edição 004 Set/Out/Nov (Construção do Conhecimento Agroecológico).

 

SANTIAGO, IDelma. Conferência de Educação do Campo: não é por acaso.

Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009

 

Caderno da V C Conferencia Regional de Educação do Campo (Parauapebas, 2011)

 

ARTIGOS:

 

MICHELOTTI, Fernando. A Educação Profissional do Campo. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009

 

MORAIS, Josélia. A Educação do Campo com prática de intervenção da Copserviços. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009.

 

BEZERRA, Charlene. O Ensino Médio da EFA/Escola Família Agrícola de Marabá.

 

MARINHO, Dalcione. Entre IDeologias e utopias: as expectativas dos jovens rurais quanto ao ingresso na Escola Família Agrícola de Marabá. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009

 

ANJOS, Maura Pereira dos. A formação de educadores em áreas de assentamento no sudeste do Pará – Um estudo do Pronera. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009

 

LEANDRO, Débora de Sousa Vieira. A influencia dos jovens do PA Araras no sistema de produção familiar. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009

 

SILVA, LoIDe. Dialogando sobre juventude camponesa. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009

 

RIBEIRO, Beatriz. Juventude do Campo: processos de territorialização, processos de IDentificação. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009

 

SILVA, Maria Célia Vieira da. O papel do jovem na unIDade familiar: O caso dos jovens da Casa Familiar Rural de Santa Maria das Barreira. Anais da 4ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO: “Educação do Campo: Juventude, Profissionalização e Projetos de VIDa”, Xinguara, 28 a 30 de maio de 2009